A Peculiar

12/08/2017

Era uma vez Takakanonuma Greenland, Hobara, Japan - Restos mortais do parque não existe mais...


Em uma atualização da postagens "Parque abandonado: Takakanonuma Greenland, Hobara, Japan" decidi que queria informar o local exato do parque, já que não é possível acha-lo de formas convencionas. Como já havia mencionado não se encontra fotos recentes do parque mas consegui coordenadas, GPS e ate mesmo endereço do local, mas não conseguia de fato localizar o ponto exato. Comecei a pesquisar e achei uma site que falava a respeito do local e achei legal traduzir e compartilhar aqui, com devidos créditos. A postagem foi feita originalmente em 2012 por Tito do blog Bloggito, ao rodapé de sua postagem ele fala sobre sua intensão de informar por isso achei legal compartilhar aqui em português.

________________________________
O parque estava localizado em algum lugar em torno de uma pequena cidade chamada Hobara na prefeitura de Fukushima.  Eu tentei tomar a abordagem mais tediosa possível no início e comecei a digitalizar o Google Maps em torno de Hobara à procura de qualquer coisa que visse remotamente como uma montanha-russa do satélite. Havia coordenadas de GPS postadas em AO, mas eles o levaram diretamente para o centro de Hobara, não exatamente o local onde um parque abandonado residenciaria. Ao examinar os arredores do sul de Hobara, notei que existe uma seção de "neblina" do mapa que me impediu de ver claramente os detalhes do solo. Obviamente, isso foi apenas a partir de dois conjuntos diferentes de dados do mapa sendo combinados, acredito que isso tenha dado algum peso a história que Takakanonuma Greenland é considerada assombrada agora. 

Então, o Google Maps não estava me deixando em qualquer lugar rapidamente. Eu decidi tentar mais um pentear os internets. A maioria das minhas pesquisas para o parque acabou de aparecer página após a página de imagens duplicadas. Ainda legal de ver, mas não estava me deixando em qualquer lugar ... Finalmente, encontrei algumas fotos que não eram bem como as outras.



Bilhetes reais do parque !!!! Com essa informação, conseguimos confirmar que o parque estava localizado em uma área chamada Numanishi. http://goo.gl/maps/fn6B1 Além disso, o nome do parque é ligeiramente diferente. Eu acho que o parque era mais comummente chamado de "Groenlândia". Ao longo dos anos, as pessoas podem ter traduzido erroneamente o kanji e adicionado a "junção" japonesa "não" ao nome também. No entanto, ao juntar um substantivo próprio com um substantivo regular, você não usa uma partícula 'não' (exemplo usando inglês, "Indiana-NO-University" significaria "Uma universidade em Indiana", como Indiana, Purdue ou Notre Dame ). Você apenas combina os dois substantivos juntos. Além disso, o último kanji em Takaka (parece um 7 com uma linha através do meio) tem vários significados, mais proeminentemente sendo 'ko'. Bem, Só acontece um Takako (com o mesmo kanji) muito próximo da Numanishi no Google Maps também. Eu finalmente tive uma liderança sólida neste parque !!!

Então, na minha pesquisa, eu também decidi entrar em contato com alguns dos fotógrafos originais dessas fotos incríveis. Enviei um email educadamente perguntando se eles poderiam esclarecer em um mapa onde este lugar estava localizado. Então esperei pacientemente enquanto compartilhava as pistas que eu já havia encontrado com meu amigo. Eu também decidi tentar ver as fotos do Google Earth da Numanishi e encontrar um casal na área, notadamente ...

Postado por addpage. Nome verdadeiro desconhecido. - http://www.panoramio.com/photo/42483207
Eu vi essa foto e foi imediatamente atingido com uma sensação de familiaridade. Eu não sabia quando ainda, mas eu já tinha visto essa foto antes! Eu voltei para as páginas em páginas dos mesmos feeds de fotos que eu estava olhando e finalmente achei ...

Foto por swejens - http://www.flickr.com/photos/jensofjapan/5033593712/in/set-72157625053218600/
A mesma fotografia que um fotógrafo sueco, Jens Eriksson , postou em 2006. A foto da Addpage foi publicada em 2010. Você percebe a diferença flagrante que eu vi? Não há uma montanha-russa na foto da Addpage! Isso não se sentou bem comigo. Além disso, mais tarde naquele dia, eu também recebi uma resposta por e-mail de um dos fotógrafos japoneses que enviei por e-mail. Em suma, ele disse que o parque foi derrubado em algum momento em 2010 também e é um monte de relva agora (que presumivelmente parece muito com a foto do addpage). Finalmente, as coisas faziam sentido por que eu não conseguia ver a área do Google Maps. Nem estava lá para começar...

Então, um pouco oprimido, relatei essa informação ao meu amigo. Depois de pensar nisso um pouco, percebi que a referência da Atlas Obscura a este lugar que contenha um nível proibitivo de radioatividade após o terremoto de 2011 era uma besteira. Eu agora faço essa postagem no blog para que ajude a informar outras pessoas lá que, infelizmente, é muito provável que este parque se tenha ido e também que eles saibam que Fukushima não está na condição desolada que este artigo tenta adotar afinal existem até casas na região, como se pode notar no google maps.
________________________________

É isso queridos, acho que essa pesquisa realmente devia ser compartilhada e claro creditada Bloggitos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

▪ Leu a postagem e gostou? Deixe um comentário feliz.
▪ Não use palavras de baixo escalão.
▪ Comentários de mau gosto, não serão publicados.
▪ Quer afiliação? Pode pedir por aqui mesmo.
▪ Aceito pedido de postagens.
▪ Não peça "seguindo, segue de volta?", deixe o link de seu blog. Eu irei visitar se eu gostar eu seguirei.