A Peculiar

16/10/2017

Floresta Maldita [Filme]


Hey! Aqui esta eu de novo para falar de mais um filme... ('-') nada emocionante néh? Hoje vou falar um pouco sobre o filme Floresta Maldita, lançado em 2016. O filme conta com a atris Natalie Dormer, que para mim foi uma das únicas coisas boas do filme.  A história se passa com Sara (Natalie Dormer) que descobre que sua irmã gêmea que mora no Japão está desaparecida. E o único relato é que foi vista pela última vez entrando na floresta Aokigahara, conhecida por ser um lugar onde as pessoas vão para cometer suicídio.


Ao cheguar na floresta, Sara conhece Aiden (Taylor Kinney), repórter australiano que se interessa pela sua história e aceita entrar com ela no meio do mato. Ele lhe apresenta um guia Michi (Yukiyoshi Ozawa), responsável por ser o elo com o local, esclarecer os fatos e alertar sobre os perigos iminentes. Através de Michi Sara descobre um pouco mais sobre a história da floresta e a crença de que espíritos malignos conseguem captar a tristeza nas pessoas, forçando-as a se matar. Inclusive aconselha Sara a não entrar na floresta em busca da sua irmã, já que esta triste e preocupada. 


Ate essa parte da história as coisas ficam interessantes e ate mesmo nos deixa um pouco, só um pouquinho curiososo. O filme começa nos encaminhar em direção ao horror, porém eles vem com uma bandeja de decepções. Sara começa a se influenciada pela floresta, na agustia de não saber se sua irmã esta viva, apesar dela sentir que sua irmã ainda esta viva. Mas o filme não faz você sentir aflição pelo desaparecimento da irmã, eles usam o famoso jumpscares.


Outra parte que muitos consideraram clichê foi a tentativa de contar um passado trágico, que acabou ficando forçado e chegamos a pior parte de todas. Final apressado.  Apesar da bela capa/poster e atiçar a curiosidade do publico usando o mito dos suicídios ocorridos em Aokigahara, Japão. Ficou claro que não souberam jogar bem com isso, entregando um filme genérico.


 Para a curiosidade de alguns o filme não foi gravado na floresta Aokigahara. A locação usada nas filmagens é na verdade o Parque Nacional de Tara, na Sérvia.  Mas o filme é de todo ruim? Não! Até que não é. É um bom filme para assistir quando esta sem ideia do que assistir, ou apenas que se distrair sem grandes equitativas de se surpreender. 

Classificação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

▪ Leu a postagem e gostou? Deixe um comentário feliz.
▪ Não use palavras de baixo escalão.
▪ Comentários de mau gosto, não serão publicados.
▪ Quer afiliação? Pode pedir por aqui mesmo.
▪ Aceito pedido de postagens.
▪ Não peça "seguindo, segue de volta?", deixe o link de seu blog. Eu irei visitar se eu gostar eu seguirei.