A Peculiar

09/09/2017

O trágico final da série bruxas de Salem (Spoiler)


Hey queridas bruxas e bruxos! Hoje não venho fazer um review mas sim minha opinião critica sobre a série Salem. Então...sim essa postagem terá vários spoiler's, se ainda não assistiu a série aconselho parar de ler agora, assistir a serie ou navegar no meu blog, rs é só uma dica. Acompanho a série desde seu lançamento em 2013-2014, quando soube o tema e base que usariam, logo pensei "irei acompanhar sem dúvidas, mesmo que seja ruim" e por sorte não foi ruim. Afinal tenho um grande fascino por histórias que envolveram a caça as bruxas do século XVII. A série começou bem, mas achei repentino e degradante o final. O final não foi ruim, mas não foi digno do que a série nos ofereceu ao seu decorrer.


Um dos grandes pontos da série para mim, foi a maravilhosa escolha dos atores. Todos casaram perfeitamente em seus papeis, inclusive Janet Montgomery que viveu na pele de Mary Sibley. Seus olhares e postura, enfim perfeito. Outra atriz que gostei muito da atuação foi Elise Eberle que deu viveu corajosamente Mecy Lewis. Na série também contamos com nossa eterna Guerreira Xena, Lucy Lawless vivendo Condessa Marburg, que não é apenas sabia mais também muito traiçoeira. Claro que se for para falar do perfim de cada personagem vou digitar horas e horas... mas acho que a série começou muito bem. Com uma abordagem forte e pesada, com enforcamentos, cenas de sabar, rituais, magias e sexo. Tudo sem censura.


A primeira temporada da série começou bem pesada, atraindo bastante críticos e tendo uma boa exibição, a coisa foi tão boa que ganhou dublagem e chegou até passar no canal aberto Band. Apesar de ter sido horrível acompanhar pela televisão já que a Band passava a série por volta das 2:30 da madrugada após um programa de turismo, e mudava o horário da programação toda semana. A primeira temporada se concentra em  Mary Sibley, mostra um pouco do seu passado, coisas que sacrificou e a fez tornar-se uma mulher fria e calculista. Mas quando John volta Mary começa a se intimidar, afinal era seu grande amor no qual gerou uma pequena vida que a mesma sacrificou. Mortes e mais mortes continuavam a acontecer, algo necessário para o ritual qual ela e outras bruxas pretendem fazer. O ritual tem o objetivo de trazer um demônio a terra para governar e elas ao lado dele. Uma pessoa não se tornar bruxa, pelo menos não nessa série, elas já nascem com esse dom, mas ao fazer um pacto com o demônio elas conseguem usar outras magias além daquelas que carregam em seu sangue. Como no caso de Mercy que era usada por Mary e no final se tornou uma bruxa, mas sua gana e ingenuidade a tornou excluída das bruxas.  A série fechou com aplausos, vemos Mary encurralada entre seu amado John e a possível possibilidade de seu filho estar vivo.


Quando chega a segunda temporada Mary recupera seu filho, ainda regrada pelas anciães que deixa o menino apenas algumas horas com ela. Todas falam que é para segurança do menino ficar na floresta. Calma ele não esta no meio do mato, mas sim em um local culto dentro da floreta, o local é mostrado na terceira temporada, onde habitam velhas bruxas quais criaram o menino. Nesse tempo muita coisa acontece Mercy consegue algumas seguidoras, qual são todas mortas, e ela é queimada viva, porém ela não morre, mas continua aguardar sentimentos de magua e rancor, e aquela personagem com olhar brilhante de querer o mundo se torna um poço de amargor e impiedade. Nesse ponto já podemos perceber que o filho de Mary não é normal, uma hora ele quer ouvir sobre seu pai e ouvir canções, e em outras ele quer enfiar alfinetes nos olhos de George, marido e prisioneiro de Mary. A primeira parte do ritual é concluída, e uma praga se espalha não só em Salem mas em outras cidades na proximidade, uma praga qual ninguém nunca viu. Enquanto Salem cai de joelho a família Hale se esconde em uma sala protegida por magia. Lá Anne repreende sua família por se esconder enquanto pessoas inocentes morriam, afinal desde a primeira temporada ela sempre foi boa e gentil. Mas ao descobrir que também é uma bruxa, e que seu pai também era um bruxo ela surta matando sua mãe e seu pai.


A terceira temporada contamos com a presença da personagem Condessa Marburg junto ao seu filho. Ela vem de uma linguagem pura de bruxo, e de alto patente diferente das bruxas de Salém. Que apesar de poderosas não possuem sangue puro e muito menos da realeza. Mary se desespera quando descobre que seu filho foi escolhido para ser o receptacular de um demônio e que seu filho morreia. A condessa tenta convencer Mary que isso é uma honra, para ela e seu filho, mas o coração de mãe não aceita isso e então ela começa a lutar contra tudo aquilo que durante anos ela lutou para executar "o ritual". Depois de muito corre, corre e outras coisas mais, o ritual é concluído e o mestre delas vem a terra. O cenário se torna mais sombrio do que já é, ele pude severamente ate mesmo seus servos que o ajudou ressurgir. Ainda nessa temporada Mary começa a ensinar Anne como controlar seus poderes, apesar de odiar as bruxas ela começa seu treino para aprender a controlar seu dom que as vezes sai do contro-le, mas quanto mais ela aprende, mais ela deixa de ser aquela jovem e doce menina. A situação vai lhe tornando a pior de todas as bruxas ao decorrer da série, tudo piora quando ela descobre que sua mãe é a Condessa Marburg, da linhagem pura das bruxas. E Anne querendo proteger seu amado Calton ela decide sair de cima do muro e se juntar a sua mãe. Mas quando o reverendo Calton descobre que sua esposa é uma bruxa, é quando vimos o verdadeiro mostro desesperado de Anne, ela se torna agressiva e até mesmo enfeitiça seu marido para que não saia de casa, com medo de que sua mãe possa mata-lo.


Enquanto tudo isso acontece Mercy tem uma grande reviravolta em sua vida, a Condessa Marburg a ensina magia do sangue e o grande poder que ele tem. Com sangue Mercy consegue recuperar de suas feridas e queimaduras, se tornando a bela jovem que era antes de tudo acontecer. E sua primeira vitima de banho de sangue é Dollie uma amiga que a seguia e a via como mestre. Mas após uma traição de libertar Isaac e tentar fugir com ele de Salem, ambos são capturados pela Condessa Marburg e assim Dollie sagra ate morrer. Quando Isaac consegue fugir ele recupera o corpo de Dollie e o leva ate a igreja protestando, ele é preso e punido, mas no final ele perde o título de "Isaac o furticador" e passa ser chamado de "Isaac o contator de verdades". Para quem não se lembra ele era chamado de fornicador pois bem lá no primeiro capitulo, ele é punido por namorar uma jovem sem estarem casados. Apesar de agora poder andar de cabeça erguida ele não esquece de sua Dollie e promete vingar-se de Mercy, qual agora é dona de um prostíbulo bem sutificado. Todas as suas meninas, qual ela chama de passarinho, te uma boa vida. Todo dinheiro fica para as jovens e a única coisa que Mercy pede em troca é um copo de sangue. Como ela fazia no inicio ela ajuda jovens maltratadas por e jogadas na rua.


Enquanto isso o filho ou o corpo do filho de Mary continua aguardando a última parte do ritual, trazer o inferno inteiro a terra. Mary continua a lutar contra o que fez, mas seu filho descobre os planos de sua mãe e lhe dá diversas chances, ele também planeja seu casamento com ela, outra parte do ritual. Mas Condessa Marburg  se sente insultada por não ser a escolhida por seu mestre, de não ser a esposa dele. Anne toma conta do rapaz, apesar de não precisar disso afinal ele é quem é. Mas com medo de que qualquer coisa possa ocorrer com seu marido ela aceita tomar conta do menino. A Condessa Marburg decide tomar conta da situação, matando Mary, assim ele talvez ele escolhe-se a ela, mas para desgosto dela ela acaba sendo morta. Mas a mesma possui um outro corpo, no qual ela volta quando é morta, apesar do corpo ser decadente ele é forte o suficiente para atravessar milênios, seu filho o príncipe decide verificar se sua mãe havia voltado em segurança para esse corpo, ao chegar lá, ela logo pede sangue para que ele volte novamente, mas seu filho não a obedece a deixando no escuro de seu caixão.


Um antigo amor de Colton volta a cidade, Gloriana uma prostituta que ele se relacionava no inicio da primeira temporada, qual foi acusada de bruxaria, mas quando foi revelado que não era bruxa ela foi expulsa da cidade por fornicação e sedução. Ela volta para comunicar que esta gravida dele, mas não faz nem ideia de que ele se casou, Anne ao descobrir isso leva Gloriana para sua casa e aprende em um quarto com magia, Gloriana esta cansada e doente e com uma enorme barriga, assim Anne promete cuidar dela e prepara uma loção. A jovem Gloriana fica realmente grata pelas ações de Anne, mas quando ambas acordam a barriga de Gloriana é transferida para Anne, ambas brigam e no final Anne apaga todas as memorias de Gloriana, e a entrega para Mercy, para trabalhar em seu prostíbulo. Nessa parte se nota que apesar de noção fazer nada Mercy menciona qual cruel Anne estava sendo ao roubar um bebe de sua mãe. Depois de tudo que aconteceu Mercy começa a ter uma vida melhor, entre aspas pelo menos. É uma bruxa sem lados, tem um amor, que a ama do jeito que é, tem suas meninas que sabem quem ela é e a respeitam sem temor.  Mas Colton descobre a verdade sobre o bebê, existe uma grande reviravolta na série.  Ela se divide em varias partes e fala com todos ligados ao ritual, oferecendo opções de rendição. Mercy ao negar, é morta segurando a mão de seu amado. O receptáculo de seu mestre, e do nada ele diz algo como "Você é feroz devia ter escolhido você desde o inicio..." ela responde "com esse bebe vou criar o ritual, e vou traze-lo de volta e dominaremos o mundo." e por fim ele responde "eu aguardarei" e morre. E outros mais que também são mortos por ela.



Tudo volta ao normal, sem mais mortes e rituais. Anne toma a frente da cidade se tornando um tipo de Lady. Seu plano é usar o bebê de Colton e Gloriana como receptáculo e agora sem mais pessoas sabendo seu segredo poderia executar o ritual sem impequilhos. Eu até compreendi o tamanho do desgosto da  doce Anne para vira-casaca. Algo que é mostrado na cena do sacrifício de Mary para o nascimento do demônio é que tem que existir amor entre a mãe bruxa e o filho sacrificado, palavras de amor devem ser conjuradas para dar certo. Mas se Anne quer usar a criança fruto do amor de Colton e Gloriana, como ela vai ditar palavras de amor para o ritual funcionar ser ela só quer usar a criança, e possivelmente não amara? Cheguei a três respostas sobre isso. 1) Quando chegar no momento do sacrifício, ela vai falar as palavras e não vai funcionar já que são palavras vazia.  2) Ela de fato vai amar a criança e quando chegar no momento do sacrifício ela não vai fazer por causa desse amor. 3) Ela vai amar a criança, mas se ela teve coragem de mandar seu amado Colton ao inferno (ele aceitou ir para o inferno em troca de paparem com tudo e não fazerem mal ao seu filho), ela foi fria ao manda-lo para lá. Então talvez ela até ame a criança, mas sua ambição e despreço é muito maior e vai executar o ritual com sucesso.


Mas o que fico triste com tudo isso foi o destino de Anne, a rota que levou no final. Desde o inicio já percebi que aquela personagem sem personalidade forte e com rosto de menina no final seria algo bem diferente do que era, mas a forma que usaram para chegar até isso foi muito rápido. A terceira temporada não teve a mesma dinâmica das suas anteriores, e de repente faltando mente dois capítulos eles decidem jogar tudo neles. Sendo que poderiam ter colocado ao decorrer de toda temporada. Outra coisa que não gostei nada foi a morte de Mercy, quando finalmente encontra alguém que ame pelo que ela é, Anne vai lá e amata simplesmente porque ela não quer trazer um demônio ao mundo, quer apenas viver a vida com seu marid Então fiquei um pouco decepcionada com o final. Para os interessados na parte sombria da série, e queira entender os elementos usados, nome do clãs das bruxas e outros acesse o site Sono de Endimiao (part1), (part2).  Bom o assunto de hoje é falar do final que levou a série. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

▪ Leu a postagem e gostou? Deixe um comentário feliz.
▪ Não use palavras de baixo escalão.
▪ Comentários de mau gosto, não serão publicados.
▪ Quer afiliação? Pode pedir por aqui mesmo.
▪ Aceito pedido de postagens.
▪ Não peça "seguindo, segue de volta?", deixe o link de seu blog. Eu irei visitar se eu gostar eu seguirei.