A Peculiar

07/12/2016

João e Maria/ Hansel and Gretel 1987 [Filme]


Olha eu aqui para falar de filme outra vez! \o/ Hoje trago uma brevia de mais um clássico infantil "João e Maria" de 1987. Tenho que admitir que esse é o meu segundo filme favorito, e apesar de termos inúmeros filmes e versões de João e Maria, nem um foi tão fiel a história como o de 1987. Ele não só contou a história como deixou bem claro as lições sem precisa falar "olha é isso aqui". Como nos contos o filme ensina que a vida naquela época era difícil, que ouvir os pais apesar de mais chatos é o melhor, que desobedecer independente da razão vamos nos prejudicar. Não confiar em estranhos e muitas outras coisas mais...

Quero deixar claro que esse tipo de lição era necessária para aquele ambiente. A final viviam rodeados de arvores e florestas, um cenário muito comum na época. Hoje não vivemos exatamente em florestas, mas o mundo continua sendo uma selva com pessoas perigosas e de coração frio. 


A história inicia-se com a mãe de João e Maria os chamando para tomar café e após o café fazer suas tarefas diárias. A mãe está alterada e preocupada pelo pouco alimento que tem em sua mesa. O pai a acalma dizendo que está delicioso o café e ela questiona dizendo que "...isso não é alimento para um homem e sua família, somente para ratos..." tudo porque joão queria mais um pedaço do pequeno queijo. Após o café eles se levantam para ajudar nas tarefas, mas o pai convence a mãe de deixa-los ir para cidade com ele pois haveria um teatro de bonecos, pois era dia de entregar lenha ao padeiro. Com um pouco de relutância a mãe deixa, Chegando na cidade João ganha um presente do ferreiro, duas pedrinhas que entrando em contrito geral faíscas para fazer fogo. Chegando na padaria, o padeiro nega dar o valor prometido ao pai de João e Maria e ainda na hora de partirem o padeiro da um pequeno saco de biscoitos para Maria. 


Ao chegar em casa as crianças querem compartilha com sua mãe as experiencias na cidade, daquele famoso jeitinho criança (falando rápido, tudo junto, mudando de assunto, voltando ao assunto e os dois ao mesmo tempo), porém a mãe só observa a carroça de seu marido que estava vazia e manda as crianças entrarem. Ela discute sobre as pessoas o fazerem de bobo, pois vive prestando serviços sem pedir nada entroca, e que ela iria falar pessoalmente com o velho padeiro. Porém o marido pede mais uma chance de resolver isso e assim faz, parte novamente para cidade, desta vez sozinho. Logo após duas partida um vizinho chama em sua casa oferecendo uma jarra de leite, e era grato ao marido dela por lhe ajudar quando doente (ou seja o marido não era bobo, mas sim um bom homem). O mesmo vizinho avisa a mãe para evitar o outro lado da floresta, pois algumas crianças haviam desaparecido por ali. O humor da mãe muda completamente, e decide fazer uma torta. Quando pronta ela pede para vigiar a casa e que buscaria amoras para comer com a torta. Porém em um momento de felicidade e brincadeira dos dois irmãos o burro invade a casa e não só come a torta como derruba o leite no chão. 


Quando a mãe chega e os vê em meio aquela cena tem um surto de raiva, briga com as crianças e as mandam buscar amoras e que só voltassem quando estivessem com a cesta cheia. Assim as crianças vão, mas sabendo que não haviam mais amoras perto de casa decidiram desobedecer, pois sem amoras não poderiam voltar para casa. Assim fazem uma trilha de migalhas do biscoito, e recolhem enormes amoras maduras e doces, mas ao retornar parte da trilha havia desaparecido se perdendo na floresta. Quando o pai chega e a mãe se da conta que as crianças ainda não haviam voltado e se culpa de suas crianças terem se perdido, então eles vão em busca de João e Maria. 


Eles enfrentam a noite fria na floresta aberta e ao caminha para achar o caminho de volta deparam-se com uma linda casa feita de doces. Onde uma doce senhora os oferece uma refeição, os dias vão se passando e só então as duas crianças percebem que a doce senhora chamada Griselda é na verdade uma Bruxa que quer alimentar-se deles.

Sou suspeita para falar do filme, mas realmente é muito fofo as duas crianças, acho que se encaixaram bem na histórias e as músicas são realmente lindinhas. Vale muito a pena assistir junto com a família. É isso por hoje, até a próxima brevia.

Classificação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

▪ Leu a postagem e gostou? Deixe um comentário feliz.
▪ Não use palavras de baixo escalão.
▪ Comentários de mau gosto, não serão publicados.
▪ Quer afiliação? Pode pedir por aqui mesmo.
▪ Aceito pedido de postagens.
▪ Não peça "seguindo, segue de volta?", deixe o link de seu blog. Eu irei visitar se eu gostar eu seguirei.