Stranger Things [Série]


O lançamento da segunda temporada está bem perto e ainda nem falei sobre a primeira temporada #quefeio, mas hoje finalmente vim falar sobre e claro da minha humilde opinião. Stranger Things foi lançada em 2016 possuindo uma ambientação de 1983, carregando com sigo qualidade e perfil dos filmes e séries lançados na época ou seja não só mais uma série que passa nos anos 80 mas sim possuindo qualidades da época. A série a borda amizade e companheirismo o que está faltando muito, muito mesmo das franquias de atualmente que abordam somente triangulo amoroso adolecente, deixando de lado o velho e gostoso tema "amigos até o fim" (ex: As Visões da Raven, Harry Potter,  Narnia, Shake it Up. Todo mundo odeia o Chris, Kenan e Kel) então sem duvidas a série logo se tornou a queridinha por muitos que sentiam falta disso. Rolando até boatos, verdadeiros ou não eu não sei afirmar que barrou até Games of thrones.  Essa postagem possui alguns spoilers suaves, da aqueles que não prejudicara assistir a série. Fica em sua escolha ler ou não.



A trilha sonora toda remetente aos marcantes sintetizadores da época e inúmeras referências a obras de Steven Spielberg,John Carpenter e Stephen King, considerados as grandes inspirações dos Irmãos Duffer para a realização do projeto. A série possui uma mistura de mistério, com uma leve comedia entre as crianças, é muito bom! A série começa com uma turma de meninos jogando o famoso e amado RPG, quando finalmente é a vez de Will jogar os dados, os dados quicam na mesa caindo no chão fazendo todos se levantarem para ver o resultado, nesse exato momento a mãe de Mike diz que já é tarde e é hora de todos irem para casa, Mike se distrai por um momento falando com sua mãe, enquanto Will e Lucas vê o resultados dos dados e Lucas então diz para Will não falar nada do resultado dos dados. Com tentativas falhas de convencer a mãe Mike se despede de seus amigos que estão montando nas bicicletas para irem embora. Will se mostrando honesto em relação ao jogo diz que foi pego pelo demogorgon, assim se despede e segue de bicicleta com seus outros dois amigos. 


Conforme suas casas vão se aproximando eles vão se despedindo e Will segue caminho sozinho por morar mais distante, então ele pega uma estrada que da acesso mais rápido a sua casa porém beirando uma floresta (bosque). Antes mesmo de chegar em casa Will se depara com algo estranho na mata qual corre para em busca de sua mãe ou irmão, deixando para trás sua bicicleta. Mas não havendo ninguém em casa o pequeno corre até a casa de ferramentas pegando uma espingarda, mas apesar de sua coragem, não foi o suficiente. Will desaparece deixando sua mãe desesperada e seu irmão preocupado. Horas se passam até a policia começar a procurá-lo dando o menino como desaparecido e é ai que o foco da história começa. Todos os vizinhos se juntam para busca de Will, mas a chuva atrapalha sendo adiada a busca. Seus amigos querem ajudar mas são proibidos pela policia, sendo assim eles decidem procurar sozinhos mesmo o tempo não favorecendo. 


Se organizam e adentram parte da floresta mas em vez de encontrarem seu amigo se deparam com uma menina assustada e com poderes telecinéticos. Eles a levam para casa de Mike qual fica preocupado com a menina, mesmo seus amigos falando que não era uma boa levar uma estranha para casa. Sem muitos detalhes, mas para frente as crianças com ajuda da menina chamada Onze, desobrem que Will na verdade não só estava perdido mais em outro lugar, assim Onze entra no trio dos meninos para encontrar Will logo mostrando que não se trata de uma menina comum, mas que possui algo que poderia ajuda-los. Lucas tem relutância em confiar nela, tendo alguns desentendimentos.


 Enquanto isso a mãe de Will parece cada vez mais louca aos olhos das pessoas, porém ela descobre que seu filho está escondido e que algo quer pega-lo e ela tenta de todas as formas entender e até mesmo como se comunicar com ele, uma das partes que acho mais lida da série e até mesmo chorei. O policial que cuida de uma cidade pacata agora tem um grande caso nas mãos, sendo atormentado por seu passado "sua filha que desapareceu", Qual não é mostrado ao fundo, pelo menos não nessa temporada. Quando finalmente o policial liga alguns pontinhos as crianças já estão bem mais a frente, mostrando que apesar de crianças são inteligentes, mas ainda contam com ajuda dos adultos apesar de evitarem isso. 


Quando Onze aparece não só ajuda os meninos em relação ao Will, mas também com Bullying que sofrem por serem diferentes dos de mais. Que é muito legal a cena da imagem acima, que vou calar me biquinho. Nesse ponto o irmão de Will já esta convencido que não encontrara mais o irmão com vida, enquanto sua mãe agarra se fielmente que encontrara seu filho. Sem se importar com que os outros pensam dela, nesse ponto da série é possível ver como a vida de uma adulto é difícil. Devido a situação ela não está trabalhando e até mesmo para seu chefe compreender é difícil, qual foi preciso ter uma verdades jogadas na cara. Uma clara demostração de "chefe não é amigo!".


A série também aborda a amizade dos meninos e agora com a Onze, que mostra dificuldades de se relacionar devido aos seus segredos, mas ela se mostra querer ajudar encontrar Will. A amizade balança quando encontram um corpo de um menino que supostamente é de Will e essa parte da muita pena da menina... pois ela fica com uma carinha de "não entendo". E mesmo os meninos tristes com ela, ela mostra que aquele não era o Will revelando parte de seus segredos. A irmã de Mike que aparentemente ´pouco estava se lixando pela perca do irmão, acaba envolvida nos casos de desparecimento. Assim o grupo de busca a Will se divide em três as crianças, o policial, a mãe estérica, e os adolescentes, cada um com suas teorias mais todos estando certos. 


Isso que mencionei a cima é só um resumo pequeno e furado dos primeiros capítulos da série que vem cheia de surpresa, suspense, jogadas, charadas, mistério, amizade, relacionamentos e confrontos. A série para mim é uma perola que sem dúvida vai entrar para os clássicos. Como mencionei no incio da postagem, a série trouxe de volta aquilo que não vemos a anos em seriados amizades infantis ou juvenis. Sim a série tem um casal a irmã de Will e seu namorado com topetinho e amigos ruins, qual a irmã de Will começa se envolver deixando até de lado amizade sincera, o que acontece muito com jovens nessa idade.


A série também aborta o sofrimento de um mãe ao perder o filho oque ela é capaz de fazer para ter ele de volta, salvo e seguro. Que ela podem ter as mais loucas ações e que nem sempre as pessoas ao redor entendem, pois quando é com o próximo nem sempre ligamos. Também mostra a dor de uma mãe quando um filho principalmente filha começa a se relacionar com alguém e não compartilha com a mãe suas incertezas e vontades de relaciona-se, muitas vezes pelo rapaz não prestar ou vergonha e não ver a mãe como amiga, quando a melhor amiga que podemos ter é nossa mãe ou pai. Também mostra que alguns filhos mesmo podendo ter uma vida melhor, nunca vai largar a pessoa que o ama, mesmo que viva na mais simples casa. Porque ama e sabe o valor daquela família. 


Para mim essa foi a melhor série do ano! E aguardo ansiosa pela segunda temporada. Vale muito a pena assistir, e lamentar por ser tão pequena... queria poder dizer mais sem entregar os pontos principais e tenho certeza se você ama série assistira essa em poucos dias, mas ela é o tipo de série que você sempre tem ansiedade de saber "onde está Will?"É isso ai minna-san, espero que tenham gostado, até a próxima postagem. 

Classificação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

▪ Leu a postagem e gostou? Deixe um comentário feliz.
▪ Não use palavras de baixo escalão.
▪ Comentários de mau gosto, não serão publicados.
▪ Quer afiliação? Pode pedir por aqui mesmo.
▪ Aceito pedido de postagens.
▪ Não peça "seguindo, segue de volta?", deixe o link de seu blog. Eu irei visitar se eu gostar eu seguirei.