A Entrevista com o Vampiro, Anne Rice [Livro Resenha]


Eu digo fielmente que não sou fã de vampiros, nem em livros e menos em filme. Mas afirmo que Anne Rice conseguiu abrir uma fenda em meu coração e adentrar com sua Cronicas Vampirescas. Quando ainda criança lembro de ver o filme, não me recordava de muito e decidi re-assistir a alguns anos atrás me tornando uma caçadora dos livros da saga que são quase que raros de se achar. Quando li o primeiro volume fiquei apaixonada, não só pelos personagens mas por seu jeito sedutor e intrigante de escrever. Já faz uns dois anos que li o livro, e hoje decidi fazer uma resenha, na verdade sera mais minha opinião.


Titulo: A Entrevista com o Vampiro Titulo Original: Interview with the Vampire Escritor(a): Anne Rice Editora: Rocco Lançamento: 1972(EG) - 1994(PT) Literatura: Estrangeira Páginas: 256 Genero: Romance Gótico, Terror ISBN: 0394498216
Classificação:

Resenha: Um vampiro chamado Louis conta sua história de 200 anos de vida para um repórter referido simplesmente como "o menino" (o nome do personagem é revelado como Daniel Molloy em A Rainha dos Malditos ). Em 1791, Louis é um jovem proprietário de uma plantação de índigo que vive ao sul de Nova Orleans . Atormentado pela morte de seu piedoso irmão, ele procura a morte de qualquer maneira possível. Louis é abordado por um vampiro chamado Lestat de Lioncourt , que deseja a companhia de Louis. Lestat transforma Louis em um vampiro e os dois se tornam companheiros imortais. Lestat gasta tempo alimentando os escravos da plantação local, enquanto Louis, que acha moralmente repugnante assassinar humanos para sobreviver, alimenta-se de animais. Louis e Lestat são forçados a sair quando os escravos de Louis começam a temer os monstros com que vivem e instigar um levante. Louis incendia sua própria plantação; Ele e Lestat exterminam os escravos da plantação para impedir que a palavra se espalhe sobre os vampiros que vivem em Louisiana. Gradualmente, Louis se curva sob a influência de Lestat e começa a alimentar-se de seres humanos. Ele lentamente se aproxima de sua natureza vampírica, mas também se torna cada vez mais repelido pelo que ele percebe como a falta total de compaixão de Lestat pelos seres humanos que ele se aproveita. E começa a alimentar de seres humanos. Ele lentamente se aproxima de sua natureza vampírica, mas também se torna cada vez mais repelido pelo que ele percebe como a falta total de compaixão de Lestat pelos seres humanos que ele se aproveita. E começa a alimentar de seres humanos. Ele se aproxima lentamente de sua ainnatureza de vampiro, mas também se torna cada vez mais repelido pelo que ele percebe como a falta total de compaixão de Lestat pelos seres humanos que ele se aproveita. Escapando para Nova Orleans, Louis se alimenta de uma menina de 5 anos, cheia de pragas, que encontra ao lado do cadáver de sua mãe. Louis começa a pensar em deixar Lestat e seguir seu próprio caminho. Temendo isso, Lestat transforma a garota em uma "filha" de vampiros para eles, para dar a Louis uma razão para ficar. Sendo assim Claudia e Louis criam um elo de amizade, onde se tornam cumplicies de um assassinato e fogem junto, mas não imaginam que teriam que enfrentar outra vez o passado e o futuro desconhecido. 

Minha Opinião: Para mim esse livro é maravilhoso, realmente você se sente dentro dele você sente a dor e lamentações de Louis, para mim é um dos melhores livros da saga e um clássico. Não que os posteriores sejam ruins, mas acho que o primeiro a escritora transpareceu bem os sentimentos, e você mergulha profundamente em suas palavras .Rice compôs o romance logo após a morte de sua jovem filha Michelle, que serviu de inspiração para a criança-vampiro personagem Claudia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

▪ Leu a postagem e gostou? Deixe um comentário feliz.
▪ Não use palavras de baixo escalão.
▪ Comentários de mau gosto, não serão publicados.
▪ Quer afiliação? Pode pedir por aqui mesmo.
▪ Aceito pedido de postagens.
▪ Não peça "seguindo, segue de volta?", deixe o link de seu blog. Eu irei visitar se eu gostar eu seguirei.