Carrie, A Estranha 2002 [Filme]


Hey galera! Hoje vou falar um pouquinho sobre a remake de Carrie a estranha de 1976 qual é mais favoritado do que o próprio original! O filme conta a mesma tragetoria de Carrie porém com um apego mais moderno da época e mostrando Carrie bem mais estranha do que a do filme anterior que se portava mais como uma anti-social. A atris que encarnou Carrie em 2002 conseguiu passar mais aquele drama e medo de aceitações como se encontra no livro, tendo até mesmo as vezes espasmos quando utiliza seus poderes. Então como a história segue quase a de 1976 irei sitar algumas diferenças, okay? Okay! Então vamos lá!


O filme começa com Carrie jogando baseball com sua turma na aula de educação física, diferente do original que era voleibol e ocorre o mesmo erro Carrie não acerta a bola... começando assim a implicâncias do dia. No vestiário enquanto todas estão se lavando Carrie fica mestrada, e antes que pudesse sair para pedir ajuda uma aluna vê o sangue misturado com água escorrendo pelo ralo do corredor, então ela olha para ver quem é. Assim chama seu grupo de amigas que por cima das divisórias do box começam a judiar e tacar coisas como absorventes na jovem que se encolhe em posição fetal. A professora chega e repreende a todas as mandando sair dali... e então a luz explode e as garotas chamam Carrie de "bizarra" e saem rindo. Naquela mesma manhã a professora junto com o diretor a libera para ir pra casa e a dispensa durante uma semana das aulas físicas. E quando o diretor erra seu nome diversas vezes ela se irrita e acaba movendo a mesa inconscientemente. O bullynig permanece quando a jovem esta passando no corredor e as mesmas meninas a seguem rindo e Carrie se depara com seu armário pinchado, e ao abrir a porta diversos absorventes caem e alguns riem e outros ficam sérios. Suell que anteriormente participou apenas observa com reprovação. 


Antes de chegar em casa Carrie coloca sua correntinha com "cruz", o que mostra que diferente da Carrie de 1976 a Carrie de 2002 tenta não mostrar na escola tão devota a religião,  e tento atrativo para coisas comuns que jovens gostam. O filme também tem algumas mesclagem de memorias de Carrie quando criança; mostrando a cena que ela conversa com a filha da vizinha a Stelle que está se bronzeando no quintal e Carrie elogia os seios da moça e diz que gostaria de poder ter um, e quando a jovem vizinha diz que Carrie teria um lindo par de seios, Carrie a corrige dizendo que sua mãe os chama de "frutos sujos" e que somente levianas possuem. Sua mãe sai para fora insultando a vizinha e arrasta sua filha para dentro de casa, que misteriosamente começa cair pedras sobre a casa. Ao sua mãe saber que a jovem havia ficado mocinha sua mãe a repreende a prendendo no quarto de rezas, qual não tem aquele Jesus na cruz com olhos florescentes como no primeiro mas o quartinho continha sendo bizarro. Em vez de rezar Carrie fica lendo algumas revistas de moda, qual esconde dentro do quarto. Mostrando que a Margaret mãe de Carrie continua sendo a mesma religiosa doentia, mas com uma mistura de depressão qual do filme anterior mostrava uma mãe esquizofrênica. 


Devido ao ocorrido a Srt. Collins a mesma professora que encerrou a brincadeira de mal gosto, decide punir as meninas com permissão do direito. Ela reune as jovens participantes e as oferece duas escolhas "fazer um treinamento que as exaustariam" ou "não ganhar suspensão que não permitira irem ao baile". Todas aceitam mais Chris Hargensen (Nancy no original) decide não fazer mais o treinamento e ao insultar a professora ganha a suspensão. Irada pelo ocorrido ela decide se vingar de Carrie e pede ajuda ao seu namorado Billy Nolan que nesse filme se mostra mais malicioso, vandalo e impiedoso até mesmo com sua própria namorada. Após uma noite juntos e drogas e também bebidas Chris Hargensen convence seu namorado de ajuda-la a se vingar de Carri White, qual ele aceita e acha até mesmo divertido. No filme anterior o casal se mostrava imaturo, já neste se mostram mais vândalos e jovens perturbados. Sendo assim eles invadem uma fazenda de porcos e matal brutalmente um porco recolhendo seu sangue, e plantando o balde cheio de sangue acima do palco escolar. 


Suell se sente mal por ter participado da brincadeira e pede ao seu namorado Tommy Ross para levar Carrie ao Baile, qual ele aceita para agradar sua namorada. Assim Carrie busca informações sobre seus poderes que usa inconscientemente, e não só busca em livros mas na internet também. Então Tommy a aborda varias vezes pedindo que fosse ao baile com ela, e com um pouco de pestilencia Carrie aceita. Pois também gosta de Tommy por ser o único que seja a ser gentil com ela e respeita sua religião. O filme mescla a história de Carrie com o interrogatório de alguns alguns alunos, quais dão detalhes a história principal. A jovem Carrie continua treinando seus poderes, tendo alguns espasmos como se fosse difícil mover, mas quando irritada consegue mover absurdamente. Nancy tenta implantar uma má ideia de Suell em Carrie que acaba sendo um pouco hostil com Suell, mas aceita seus conselhos de maquiagem.


Carrie começa a debater as ideias religiosas de sua mãe, querendo apenas ter um dia normal. Finalmente o dia do baile chega e enquanto ela se arruma, sua mãe Margaret chora e implora para que não fosse ao baile e com seus poderes Carrie a expulsa de seu quarto fechando a porta, imediatamente sua mãe pega a bíblia e sai. Quando Tommy chega Carrie está ansiosa e com medo, mas ele consegue acalma-la e acho que essa é a parte mais fofa do filme. No baile alguns alunos, acredito aqueles que não riram a tratam bem e até elogiam seu vestido e seu "bumbum"  mas nem todos ficam feliz com isso. Diferente do filme original quando ambos dançam não existe cena do beijo, até porque ele é namorado de "outra". Ambos são escolhidos como rei e rainha do baile, por causa dos votos alterados. Quando Carrie está lá em cima sendo coroada acho que foi uma das cenas mais emocionantes, apesar de já ter visto é muito fofo e Carrie treme como se nem acreditasse nisso, mas uma das amigas de Nancy entrega o jogo ao olhar para o balde e outra aluna a Estelle Horan percebe algo errado. Nessa hora Billy Noss parece um lunático persuadindo Nancy puxar a corda do balde. 


Passa a sensação de que nada iria acontecer, as luzes se apagam e Carrie é guiada por Tommy para dança do rei e rainha, enquanto todos abrem espaço e os observam. Ambos trocam um beijo inocente, realmente bonito quase um sonho, mas realmente não passa de um sonho, pois a dança nunca aconteceu. Carrie é puxada de volta a realidade quando uma gota de sangue cai sobre sua mão. E quando olha para cima o balde e puxado e ela é banhada de sangue de porco. Toda escola fica em choque, alguns rindo e outros não. Tommy toma iniciativa e pergunta quem havia feito aquilo. Nancy e seu namoradoBilly fogem do local, soltando a corda que acerta Tommy lhe causando morte imediata. 


Carrie então fica lá paradona começando a ter tremer estranhamente, enquanto os amigos de Nancy riem e a chamam de "porca". Aparentemente Carrie entra em um tipo de transe liberando seus poderes tornando o baile de formatura uma chacina sobrenatural. Algumas pessoas tentam chama-la mas ela continua parada, e todas as entradas são fechadas. E como no original água toma conta do salão, cabos de eletricidade caem, pessoas são pisoteadas. E a morte mais legal foi da garotinha da foto acima que foi merecidamente esmagada, sem muitas opções alguns alunos tentam escalar a arquibancada e até algumas cordas, mas tudo em vão. Quando o alerta de incêndio é ativado, muitas pessoas morrem eletrocutadas, mas a professora consegue abrir a tubulação de ar e consegue escapar por ali com alguns alunos. Carrie então sai salão do baile intacta e ainda em transe e vai devastando tudo por onde anda (e foi ai que achei um pouco de exagero no filme...). Mas tarde ainda naquela noite, Nancy e Billy saem de carro e sofrem um assedente de carro provocado por Carrie.


Ao chegar em casa Carrie vai direto para a banheira e então é só ai que ela volta a si e nem faz ideia do que havia acontecido, se desespera ao se ver suja de sangue e sua mãe vem para ajuda-la. E ambas se juntam para rezar, mas sua mãe tenta afoga-la na banheira e Carrie usa seus poderes e acaba golpeando sua mãe que morre ao lado da banheira. Suell vai até sua casa e tira Carrie da banheira e boca a boca qual  Carrie reage, quando Carrie acorda acaba transferindo para Suell algumas lembranças de seu passado e do que havia acontecido no baile, mas nem mesmo Carrie ainda sabia o que aconteceu. Para todos Carrie morreu na noite do baile, mas Suell a leva para fora da do estado. Diferente do original que termina em um pesadelo de Suell nesse termina em um pesadelo de Carrie. 

Carrie 1976 (Ler Review)

Classificação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

▪ Leu a postagem e gostou? Deixe um comentário feliz.
▪ Não use palavras de baixo escalão.
▪ Comentários de mau gosto, não serão publicados.
▪ Quer afiliação? Pode pedir por aqui mesmo.
▪ Aceito pedido de postagens.
▪ Não peça "seguindo, segue de volta?", deixe o link de seu blog. Eu irei visitar se eu gostar eu seguirei.